Câncer de Pulmão

>>Câncer de Pulmão
Câncer de Pulmão 2017-08-31T16:22:56+00:00

O que é o câncer de pulmão?

É o mais comum de todos os tumores malignos, apresentando aumento de 2% por ano na sua incidência mundial. A última estimativa mundial apontou incidência de 1,82 milhão de casos novos de câncer de pulmão para o ano de 2012, sendo 1,24 milhão em homens e 583 mil em mulheres. Em 90% dos casos diagnosticados, o câncer de pulmão está associado ao consumo de derivados de tabaco. No Brasil, foi responsável por 22.424 mortes em 2011. Altamente letal, a sobrevida média cumulativa total em cinco anos varia entre 13 e 21% em países desenvolvidos e entre 7 e 10% nos países em desenvolvimento. No fim do século XX, o câncer de pulmão se tornou uma das principais causas de morte evitáveis.

Quais cuidados devo tomar?

• A mais importante e eficaz prevenção do câncer de pulmão é a primária, ou seja, o combate ao tabagismo;
• Exposição a agentes químicos no ambiente de trabalho;
• Habitue-se ao consumo de  frutas e verduras.

Quais são os fatores de risco?

• Fumantes (90% dos casos);
• Trabalhadores que lidam com produtos químicos;
• Doentes pulmonares crônicos;
• Fatores genéticos e histórico familiar.

Como diagnosticar?

• A maneira mais fácil de se diagnosticar o câncer de pulmão é através de raio X torácico complementado por tomografia computadorizada.

• A broncoscopia deve ser realizada para avaliar a árvore traqueobrônquica e eventualmente permitir a biópsia. É fundamental obter um diagnóstico preciso, seja pela citologia ou patologia.

Como é o tratamento?

O câncer de pulmão apresenta três alternativas terapêuticas: cirurgia, radioterapia e quimioterapia. Estes métodos podem ser associados para obter melhores resultados. Tumores restritos ao pulmão, nos estágios I e II, devem ser operados e removidos. Nestes casos, a chance de cura é de até 70%. Nos outros estágios, uma associação de quimio e radioterapia, com eventual resgate cirúrgico, é a alternativa que melhor mostra resultados. No estágio VI, a quimioterapia é o tratamento mais indicado.

IMPORTANTE:

Tosse, sibilos, roncos, dor no tórax, escarros com raias de sangue, falta de ar, pneumonite e, em alguns casos, dores no ombro irradiando pelo braço. No fumante, o ritmo da tosse é alterado, podem existir crises em horários incomuns para o paciente. Pneumonias de repetição podem ser também um sintoma inicial de câncer de pulmão. Visite seu médico para esclarecimento, tão logo os sintomas surjam.