Uma das grandes preocupações das pacientes com câncer de mama é com a aparência após a retirada da mama. A intervenção cirúrgica, como a reconstrução mamária, não é a única opção. Pelo contrário, há algumas formas que ajudam na autoestima e bem-estar das pacientes após o tratamento do câncer.

 

Reconstrução mamária

O implante mamário é normalmente escolhido para recuperar a forma das mamas e tê-las simétricas, principalmente quando se está usando um sutiã ou maiô. É um procedimento que está diretamente ligado com a autoestima da mulher, mas também ajuda no equilíbrio e a prevenir dores nas costas.

Recomenda-se que, antes da mastectomia, a paciente que tem intenção de fazer a reconstrução mamária, imediata ou tardia, converse com o cirurgião plástico antes da cirurgia de remoção do tumor ou da mama. Às vezes, o procedimento é feito em combinação com retalhos cutâneos para obter um melhor resultado estético. Ou seja, é realizada uma retirada do tecido de uma parte do corpo da própria paciente para reconstruir a mama.

 

Prótese Mamária

Para as mulheres que optam por não fazer a cirurgia de reconstrução mamária, a prótese é uma opção que ajuda a manter o aspecto das mamas nas roupas. Ela pode ser usada dentro do sutiã ou presa ao corpo e existem 4 tipos mais comuns:

  • Próteses de silicone – indicadas para uso diário;
  • Próteses de espuma ou de polipropileno – indicadas para praias ou piscinas;
  • Próteses de painço – não podem ser lavadas;
  • Próteses domésticas – ideais para uso pós-cirúrgico ou para dormir.

 

Micropigmentação

É um procedimento estético que, por meio de equipamento semelhante ao usado em tatuagens, busca-se representar as formas, texturas e cores da aréola. Bons profissionais conseguem, com a micropigmentação, um resultado realista e tridimensional. Não é um procedimento cirúrgico, portanto não reconstrói tecidos, como o implante mamário. Trata-se de um procedimento complementar à reconstrução mamária e recomenda-se realizá-la 3 meses após a última cirurgia.

 

Sem as mamas

Muitas pacientes não sentem a necessidade de fazer a reconstrução mamária ou usar uma alternativa. Caso tenha apenas uma mama removida, isso pode acarretar em problemas com equilíbrio ou dor nas costas. Por isso, o uso de próteses pode ajudar a equilibrar o peso.

 

Em todos os casos, é importante conversar com o médico! O ideal é entender o estado da saúde da mulher, bem como o tamanho original da mama. Em todos os casos, é importante saber que há alternativas após a mastectomia que fazem com que a mulher tenha uma qualidade de vida ainda maior.