Tabagismo X Câncer

>>Tabagismo X Câncer

Tabagismo X Câncer

O tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde

O consumo de tabaco, seja em cigarro, charuto ou narguilé, é responsável por 90% dos casos de câncer no pulmão e na boca e por 30% dos casos de câncer de laringe, faringe, estômago, fígado, entre outros.

Os dados são do Instituto Nacional do Câncer (Inca) que alerta ainda que os fumantes têm 20 vezes mais chances de desenvolver alguns tipos de câncer ligados ao sistema respiratório, como o de pulmão.

Além de diversos tipos de cânceres, o tabaco é considerado a principal causa de outros 50 tipos de doença e causa todos os anos cerca de 6 milhões de mortes em todo o mundo – 200 mil mortes ao ano somente no Brasil – de acordo com dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Embora os dados sejam preocupantes, há ainda aproximadamente 1 bilhão de fumantes no mundo. No Brasil, segundo a pesquisa State of Smoking 2018, realizada em 13 países pelo Instituto Kantar Public com apoio da Foundation for a Smoke-Free World, 18% da população acima de 18 anos é fumante (11% dos homens e 7% das mulheres), o que representa aproximadamente 37 milhões de pessoas.

Campanha

Para conscientizar a população sobre os males do consumo do tabaco foi criado pelos países que integram a Organização Mundial da Saúde (OMS) o Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado em 31 de maio.

O objetivo da campanha é informar o público sobre as doenças causadas pelo cigarro, além de orientar as pessoas sobre como parar de fumar e manter uma vida saudável. Em 2018, o tema da campanha é “Tabaco e das doenças do coração”.

“O cigarro possui mais de 5 mil substâncias tóxicas ao organismo, sendo que pelo menos 70 delas são consideradas cancerígenas. Não há um limite mínimo seguro para o uso de tabaco, seja como narguilé ou cigarro eletrônico, por exemplo. Faz mal para quem usa e para quem convive com o fumante”, detalha o cancerologista Flávio Isaias Rodrigues, diretor clínico do Centro Oncológico Mogi das Cruzes. “Além de ser considerada responsável por mais de dez tipos de câncer”, completa.

Prevenção do Tabagismo

De acordo com o cancerologista, o ideal para prevenir os diversos tipos de cânceres ligados ao tabagismo é nunca fumar, mas parar de fumar já contribui muito para recuperar a qualidade de vida.

Aliado a isso, ele destaca a importância da “tradicional” orientação médica de se alimentar de forma saudável, praticar atividades físicas, evitar aumento de peso e também o consumo de bebidas alcoólicas.

Série Previna-se

O Centro Oncológico Mogi das Cruzes disponibiliza gratuitamente dicas para prevenção de câncer de pulmão no site http://oncomogi.com.br/previna-se/

2018-05-30T18:13:57+00:00